1 de janeiro de 2014

A importância da análise interna e externa.

Boa noite gestores,

A análise do ambiente interno é a observação dos pontos fortes e fracos em qualquer organização.

Oferece a oportunidade de adquirir mais conhecimentos a respeito dos recursos, capacidades, relacionamentos e habilidades que a organização pode desenvolver com os diversos players do mercado, representam também desvantagens ou vantagens frente aos concorrentes.

Visto que a maioria dos meninos e meninas de nossa sala fazem academia, vamos fazer um exercício listando os pontos fortes e fracos de um negócio esportivo para criar uma visão clara dos aspectos que devemos focar na comunicação com o público ou com os que devem ser aprimorados, lembrem-se que são aspectos a serem abordados para qualquer negócio.

Vejamos o exemplo de uma academia de ginástica:

Pontos Fortes
•             Grande variedade de equipamentos;
•             Aberta 24 horas, inclusive nos feriados;
•             Preço competitivo;
•             Instalações amplas e espaço para tomar banho de sol;
•             Localização, de frente para uma paisagem;
•             Marca tradicional e associada à qualidade.

Pontos Fracos
•             Pouca oferta de serviços;
•             Sempre lotada de alunos, impossibilitando que os mesmos façam uma série de exercícios;
•             Falta de ar-condicionado;
•             Falta de manutenção em alguns equipamentos;
•             Alta rotatividade de funcionários.

E como estão os concorrentes? A academia “DuZé” tem poucos equipamentos? Oferece mais serviços? E a mensalidade, é mais cara? Quantas filiais têm? Abre todos os dias?

Essas informações são relevantes na análise da concorrência. Saber o que os outros estão fazendo contribui muito para que pensemos nas estratégias para o nosso negócio.

Agora que conhecemos o que há de melhor e pior em nosso negócio, vamos analisar os aspectos externos que podem apresentar ameaças e oportunidades.

Fatores como tecnologia, economia, cultura, demografia e competição facilitam ou dificultam o andamento da academia. Em momentos de crise, a academia pode reduzir o faturamento, já que é a primeira conta a ser deixada de fora do orçamento da família. O envelhecimento da idade média dos moradores do bairro pode ser uma ótima oportunidade para oferecer aulas de alongamento na região.

As redes sociais também exercem influências sobre o aluno. Muitos se matriculam na academia para conhecer pessoas, relacionar-se com amigos. Com a internet conectada, essa necessidade de estar presente fisicamente se reduz.

Voltemos para o exemplo de uma academia de ginástica:

Oportunidades:
•             Maior interesse das pessoas por uma vida saudável;
•             Muitos fornecedores de equipamentos barateiam o custo de instalação;
•             Classes emergentes com renda disponível para lazer e esporte;
•             Interesse dos shoppings centers em oferecer serviços esportivos.

Ameaças:
•             Aumento do número de condomínios com academias próprias;
•             Aumento da concorrência com a vinda de grandes academias internacionais;
•             Alto índice de inadimplência nas mensalidades;
•             Aumento da internet reduz necessidade de interação social física.

Na próxima aula vamos estudar outras ferramentas para aprofundar essa análise.

Sucesso a todos,

Nenhum comentário: